28.1.17

"WE WILL NOT COMPLY!"

FUCK YOU, DONALD TRUMP!

19.1.17

E x foi promovida para um cargo de gente grande. E x ficou pasmada, porque apesar de já ser grande, acha ainda que é tão pequena. A vida é estranha!

18.1.17

Num espaço de poucas horas, x falou com duas pessoas que não se conhecem. Uma dizia "vou-me divorciar" e outra dizia "vou-me casar". X reagiu a ambas com um "ah, ok". 

17.1.17

X andava há muito tempo zangada. Com o mundo, com os outros, consigo, com tudo. Mas hoje foi diferente. Hoje x sentiu o sol na pele e o sorriso rasgado em todas as direcções. Hoje x sentiu-se voltar a si. E até a voz de x ganhou um tom mais doce. 
E hoje x podia ter descolado os pés do chão. Mas não. Eles continuaram lá firmes. Do outro lado, as almas perdidas. Aquelas que x tem tendência de recolher no regaço. Mas desta vez não. X não levantou os pés. Pena que tantos estejam agora no limbo. E triste ver pessoas tristes. Mas a tristeza tem de ser curada por quem a carrega por dentro. X não chega lá. Nem tem de chegar. X chegou a idade adulta. Ainda que continue a ter muito de Peter Pan.
E daqui a 15 dias, x está de volta à África! 
Há coisas na blogosfera que x descompreende!
E x passou-se. Mandou meia dúzia de berros e tirou uma semana de férias só porque sim. Foi uma semana longa e cheia de novidades. X reencontrou-se com pessoas e tomou decisões. E fez planos, talvez pela primeira vez na vida fez planos. E, por isso, x tem como metas este ano: voltar à escola e fazer uma pôs-graduação na área que mais lhe interessa, tirar uns dias para fazer a operação que há anos anda a evitar, viajar sozinha pela Islândia, recuperar pessoas, rir horrores e viver a puta da vida como deve ser vivida - sem merdas!

16.1.17

Viagem a Islândia marcada! Ufa que tardava!
das borboletas que crescem por dentro. dos olhos que brilham. do querer mais. do querer tudo. do ir. e do comer o mundo com vontade. do correr descalça de olhos fechados em direcção ao desconhecido. da paz irrequieta no corpo de carne e de luz. hoje. e amanhã.

11.1.17

E dez anos depois a vida de x anuncia novas revoadas. Oxalá!
Tarde de sol ao pé do mar acompanhada de pina coladas. Das coisas simples que nos devolvem a alma.

10.1.17

Aquela coisa da crise dos 40 e mesmo verdade - repensamos os caminhos, ficamos hipocondríacos, com medo da morte e, por ventura, com vontade de recomeçar algures. Mas também tem coisas boas - reencontras pessoas que já não vias há 20 anos porque elas também andam meias perdidas por aí em crises existenciais semelhantes, depois de terem levado esse tempo em vidas talvez  demasiado sérias, talvez demasiado cedo.
X começa 2017 despida de tudo mas com a sensação que o futuro deixou de estar em ponto morto. 
Desafio #2017 - Escrever no blog pelo menos uma vez por dia. Nem que seja para dizer "foda-se".
E, às vezes, o que apetece é isto - despir-nos do mundo de fora e fazer do sofá o nosso império.

A luz de lisboa a tomar conta da casa. Ha dias bonitos.

8.1.17

Reorganizar a casa toda, recuperar e organizar os cds, libertar os livros, mudar as cores, destralhar, responder a mensagens há muito pendentes, recuperar o fôlego, tentar por a vida em ordem, desneurar, reencontrar amigos há muito tempo distantes. Este é o estado de x.