27.4.17


Smashing Pumpkins - Disarm

há muitos anos - mais de vinte - x partilhou-se com uma pessoa especial. depois a vida havia de separar x dessa pessoa. foi um afastamento consciente, mas duro. é difícil apartar-nos de pessoas que são especiais, mesmo quando sabemos que o caminho tem de ser esse. e x foi por um lado e essa pessoa foi por outro.  foi uma separação difícil, mas necessária. x e essa pessoa respeitaram-se sempre. e, na verdade, sempre gostaram muito do que eram juntos. no  entanto, por várias vicissitudes da vida, x e essa pessoa tudo fizeram para ser manterem apartados. ainda assim, x e essa pessoa, nunca se reconciliaram consigo por as coisas terem sido como foram. ou, talvez, por não terem sido como podiam ter sido. mas nem x nem essa pessoa se deram o tempo necessário para os caminhos se voltarem a cruzar. talvez por isso, de vez em quando, as memórias voltam. como hoje. x sonhou com essa pessoa. x raramente tem sonhos vãos. e ter hoje sonhado com essa pessoa não foi, certamente, um acaso. mais certezas se firmaram em x quando, também hoje, se cruzou com este som que foi banda sonora desses tempos idos. e, sobretudo, de um adeus que nunca foi verdadeiramente dito. 


25.4.17

ninguém diz que a coisa mais extraordinária que se sente quando se está sem fumar é a enorme liberdade que é não ter de pensar se temos isqueiro antes de sair de casa de manhã ou se temos tabaco antes de chegar a casa à noite.
x não fuma há 6 dias. x não tem vontade de fumar há 6 dias. x sente-se bem.
quem segue x, sabe que x passou cerca de um ano a aturar uma pessoazinha de metro e vinte a fazer-se de esperta numa empresa que devia ter as (ou, pelo menos, algumas das) pessoas mais competentes do mundo. no entanto, aquilo era um bando de gente incrivelmente incompetente e a pessoazinha de metro e vinte era a imperatriz da imbecilidade. x teve mesmo muita dificuldade em manter a sanidade no meio daquela javardisse de estupidez crónica. x conseguiu sair de lá viva e com os neurónios semi-funcionais, mas tem a certeza que (quase) ninguém percebeu bem o grau de burrice que x tinha de aturar todos os dias. mas, finalmente, hoje o chefe de x teve um chilique neurótico e berrou: "isto é só gente imbecil e esta gaja é estúpida que nem um penedo". e x riu alarvemente e sentiu-se vingada.

23.4.17

quem é que se propõe a perder os quilos a mais em mês e meio e deixar de fumar ao mesmo tempo?
x.
e, até agora, está a conseguir!

21.4.17

dia 2 - UMA pastilha, vontade de fumar igual a ZERO!

x confessa que está surpreendida!

20.4.17

x já tentou deixar de fumar várias vezes. até já teve algumas semanas / meses sem fumar. mas acontece sempre qualquer coisa que irrita x de tal maneira que x vai a correr comprar um maço de tabaco e fuma-o todo de seguida. x nem sequer gosta particularmente do sabor do tabaco mas parece que aquilo é a única coisa que evita que x largue a distribuir estalos avulsos. mas agora x tem mesmo de reduzir drasticamente, ou mesmo deixar completamente, o tabaco. a modos que hoje foi à farmácia comprar pastilhas de nicotina. x já mascou duas. aquela merda dá uma espécie de moca estranha - a boca e a garganta ficam a picar e parece que bebemos um shot de uma cena marada que deixa uma pessoa com os olhos muito abertos e um boost interno qualquer que não dá bem para explicar. mas, a verdade, é que x não teve vontade / necessidade de fumar toda a manhã.

18.4.17

hoje, x inscreveu-se como dadora de medula.

17.4.17


porque não há, nunca houve e dificilmente voltará a haver, algo parecido com sigur rós.

11.4.17

Quando fazes uma feijoada vegetariana e comes com uma satisfação incomensuravel, sentes que estas no bom caminho. 

10.4.17

duas semanas de dieta (que, na verdade, não é bem dieta, mas sim um retorno ao regime alimentar que x sabe que tem de seguir religiosamente) e os resultados começam a notar-se. mais energia, organismo a funcionar, sensação de desintoxicação brutal, maior lucidez. x está no bom caminho para recupera a forma física que perdeu no último ano.

6.4.17

X a preparar-se para a cirurgia
X em dieta
X a preparar-se para reduzir drasticamente o tabaco
X a meio de uma Pós graduação
X a ver o trabalho aumentar ridiculamente
X a preparar-se mentalmente para um curso intensivo em Londres
X a pensar que tem de começar a preparar a viagem a Islândia
X prestes a dar um passo colossal na sua vida pessoal

X determinada a não ensandecer até ao verão 

3.4.17


Devotchka - How it ends

é estranho, quando x se sintoniza no que é aqui volta sempre ao que foi além. hoje x sentiu falta. de ontem.

1.4.17

porque, para x, "mudar de vida" começa sempre com um bom corte de cabelo: Slash Creative Hair Studio