4.10.22

 

Alan Watts + Sigur Rós - The Art of Meditation

a vida de x nunca foi difícil, sem que alguma vez fosse fácil. x já passou por coisas que muitos teriam dificuldades várias em ultrapassar. mas a vida de x nunca foi difícil, no que x entende por difícil. na verdade x sempre achou que a vida corre, sem que x se aperceba das dificuldades que todos os dias enfrenta, algumas tão enormes que só se percebem em perspectiva, à distância, fora da sobra do monstro. mas a vida de x não foi, nem é, fácil. é pesada, por vezes. complexa. cheia de nós, e de escolhas, e de sacrifícios, e de perdas. mas x, no momento, não os vê. porque ainda que x carregue o ontem e tenha os olhos no amanhã, x vive sempre no hoje, no agora. e por isso a vida de x é a resolver o imediato, o que está aqui. o ontem já não há forma de corrigir, e o amanhã ainda vem longe. isto para dizer que esta meia hora de sons tem muito em comum com a cabeça de x.

Sem comentários: